Próximas transmissões:
Eucaristia Data
Terça-feira da semana II 2021-03-02 LINK
Quinta-feira da semana II 2021-03-04 LINK
Conferência via zoom 5 de Março de 2021 - 21h30
Juventude(s)- Preparar o Futuro Palestrante: Pe Mário Jorge  Jovem, Levanta-te! Entrar na reunião Zoom
https://zoom.us/j/97...NUVtVDV3YjJvUT09 ID da reunião: 972 0288 0647
Senha de acesso: 971677 Neste encontro, onde não há limite de espaço nem de idades, o padre Mário Jorge desafia-nos a fazer uma viagem, acompanhando-nos e testemunhando o longo trilho da História que as Jornadas Mundiais da Juventude fizeram desde 1986.  "Precisamos de um abanão de Fé. Precisamos de seguir mais a Jesus"- declarava um jovem.  Assim, convidamo-vos a aderir a este "Encontro" e a interagir com a comunidade num tema que, certamente,irá aproximar-nos" Todos família, todos irmãos"!  Que Jesus nos ajude a estar "vivos e acordados" ! Contamos convosco!
Bom dia, Enviamos link para acesso à transmissão da Eucaristia Dominical. Também poderá aceder a partir do site da Paróquia. https://www.youtube....feature=youtu.be A Eucaristia inicia às 11h00.
2.º Domingo: As nossas raízes O 2.º Domingo da Quaresma apresenta-nos, na 1.ª leitura, a cena do sacrifício de Isaac que, na verdade, é o sacrifício do nosso patriarca Abraão, nosso pai na fé. A promessa da descendência a Abraão, no qual são abençoadas todas as nações da Terra, permite-nos lançar um olhar sobre os nossos ascendentes, sobre os nossos maiores, sobre as nossas raízes familiares e mesmo sobre os que nos precederam na fé e no-la transmitiram.
-
#quaresma2021 #diocesedoporto 2º domingo da Quaresma – 28/02/2021  A família pode reunir-se à volta da mesa, antes da refeição, ou junto do cantinho da oração.  Cântico – “Caminharei na terra dos vivos na presença do Senhor” Pode cantar-se outro cântico conhecido pela família, próprio desta quadra (ou que tenha por tema a família e a sua unidade).  Em alternativa, um dos membros da família poderá declamar o hino que se segue que poderá também ser recitado por todos os presentes, divididos em dois grupos, alternando as estrofes:  Sobe Cristo ao Tabor, Com Pedro, com Tiago e com João E entra na alegria e no esplendor Da Transfiguração.
Seu rosto se ilumina E fala com Moisés e com Elias. Renovam-se na sua luz divina A lei e as profecias.
Tudo é glória no céu. Nunca se viu mais refulgente brilho. “Eis o meu Bem-Amado – disse Deus – Escutai o meu Filho”.
Suspenso da visão, Que torna Deus presente à vida humana, Exulte o amor de cada coração: Louvor a Vós! Hossana!  Durante o canto ou o hino, o elemento mais novo da família, se já for capaz, acende uma vela. Em seguida, todos fazem o sinal da cruz enquanto o/a Guia diz: Introdução G. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Amen. G. Celebrastes connosco, Senhor, uma aliança eterna. R. Renovamos, hoje, o nosso sim!  Invocação
(recitada alternadamente pela família, dividida em 2 grupos)  A Se Deus está por nós, quem estará contra nós?
B Como não havia Deus de nos dar, com Jesus, todas as coisas?
A Grandes e admiráveis são as vossas obras, Senhor.
B Bendito sejais para sempre.  Evangelho
G. * Escutemos o santo Evangelho de nosso Jesus Cristo segundo Marcos (9, 2.4-7) Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João e subiu só com eles para um lugar retirado num alto monte e transfigurou-Se diante deles. Apareceram-lhes Moisés e Elias, conversando com Jesus. Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: Mestre, como é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para Ti, outra para Moisés, outra para Elias». Não sabia o que dizia, pois estavam atemorizados. Veio então uma nuvem que os cobriu com a sua sombra e da nuvem fez-se ouvir uma voz: «Este é o meu Filho muito amado: escutai-O».  Palavra da Salvação.  R. Glória a Vós, Senhor!  Reflexão (facultativa) Os filhos perguntam e os pais respondem.  – Porque terá Jesus subido a um alto monte?
Foi num monte que Deus aceitou o sacrifício de Abraão e Isaac, salvando o filho da promessa e futuro da Aliança; no monte Sinai foi celebrada a aliança com o seu Povo libertado do Egito; a esse monte regressou Elias, para revalidar essa Aliança…  – E que significa a nuvem?
A nuvem, que nos envolve e não se deixa agarrar, indica a presença de Deus, próximo e transcendente: era na nuvem que Deus manifestava a sua presença, quando conduzia o seu Povo através do deserto.  – Que representam Moisés e Elias?
Moisés e Elias, depois de uma quaresma rigorosa, experimentaram a proximidade de Deus que deu a Lei ao seu povo (Moisés) e revalidou a Aliança esquecida (Elias). Na Transfiguração eles puderam, finalmente, contemplar o rosto de Deus na face transfigurada do seu filho muito amado, Jesus.  – Qual é a principal mensagem deste texto?
A mensagem fundamental é que Jesus é o Filho amado de Deus, a quem devemos escutar e seguir para participarmos do seu triunfo pascal.  Responsório Breve  G. Vós aproximastes-vos de Jesus, Mediador da Nova Aliança.
R. Não recuseis ouvir Aquele que vos fala.
G. Quem dera ouvísseis hoje a sua voz: Não endureçais os vossos corações.
R. Não recuseis ouvir Aquele que vos fala.
G. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo!
R. Não recuseis ouvir Aquele que vos fala.  Louvor e gratidão
(um membro da família lê a primeira parte e todos respondem):  Porque nos deste a Lei e os Profetas para guiar o Teu povo
– nós Te louvamos, Senhor.  Porque enviaste o teu Filho muito amado como nova e eterna Aliança
– nós Te louvamos, Senhor.  Porque somos uma família que vive e transmite a fé de geração em geração
– nós Te louvamos, Senhor.  G. Porque somos filhos muito amados, rezemos ao Pai, por Cristo, no Espírito:
Pai Nosso...  **********
Atividade
**********
1. Retirar da arca o papiro que revela o tesouro que vamos valorizar ao longo da semana: as nossas raízes.  2. Renovar o compromisso de viver a fé em família e de a transmitir de geração em geração.  3. Ver num álbum familiar fotografias dos avós (bisavós, etc.) que nos transmitiram, com a vida, a herança preciosa da fé. Ver quem se parece com quem. Deixar esse álbum no cantinho da oração.  4. Para os mais jovens: fazer a árvore genealógica da família (com fotos, cópias de registos de nascimento e matrimónio…), abrangendo várias gerações.  5. Colocar, junto da cruz, uma imagem (ícone) da Transfiguração de Jesus.  ********
Bênção
********
Se a oração se faz antes da refeição, pode terminar com esta Bênção:
G. Bendito sejas, ó Pai, que nos abençoas com esta refeição que vamos partilhar.
Que ela seja para nós sinal de aliança contigo e da unidade da nossa família. Torna-nos cada vez mais atentos uns aos outros e a todos os irmãos.  Todos fazem o sinal da cruz, enquanto o/a Guia conclui:
G. Em nome do Pai…  Se a oração se faz noutros momentos, pode terminar com esta Bênção, dita pelo(a) Guia, enquanto todos se benzem fazendo o sinal da cruz:
G. O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna.
R. Amen.  Louvavelmente, os pais abençoarão os filhos impondo a mão direita sobre as suas cabeças ou com outro gesto, segundo o costume. Os filhos, agradecidos, poderão beijar a mão de quem os abençoa.
2.º Domingo: As nossas raízesO 2.º Domingo da Quaresma apresenta-
Folha Dominical 28 de Fevereiro de 2021
https://www.paroquia-antas.pt/  «Este é o meu Filho muito amado»  Domingo II da Quaresma
*****************************
EVANGELHO (Mc 9, 2-10)
***************************** Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João e subiu só com eles para um lugar retirado num alto monte e transfigurou-Se diante deles. As suas vestes tornaram-se resplandecentes, de tal brancura que nenhum lavadeiro sobre a terra as poderia assim branquear. Apareceram-lhes Moisés e Elias, conversando com Jesus. Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: «Mestre, como é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para Ti, outra para Moisés, outra para Elias». Não sabia o que dizia, pois estavam atemorizados. Veio então uma nuvem que os cobriu com a sua sombra e da nuvem fez-se ouvir uma voz: «Este é o meu Filho muito amado: escutai-O». De repente, olhando em redor, não viram mais ninguém, a não ser Jesus, sozinho com eles. Ao descerem do monte, Jesus ordenou-lhes que não contassem a ninguém o que tinham visto, enquanto o Filho do homem não ressuscitasse dos mortos. Eles guardaram a recomendação, mas perguntavam entre si o que seria ressuscitar dos mortos.  ******************************************
TODOS JUNTOS NA ARCA DA ALIANÇA
******************************************
Caminhar da cinza à vida Em quarta-feira de cinzas, na sua homilia, dizia o Papa Francisco: «A Quaresma não é o tempo para fazer cair sobre o povo inúteis moralismos, mas para reconhecer que as nossas míseras cinzas são amadas por Deus”. E como que em forma de pergunta, afirma: «Estamos no mundo para caminhar da cinza à vida». E, assim, no seu olhar cheio de fé, apela: «Então, não pulverizemos a esperança, nem incineremos o sonho que Deus tem sobre nós».
Portanto, nesta quaresma e no mês de Março, dando seguimento à intenção-pedido do Papa Francisco «rezemos a fim de que vivamos o Sacramento da Reconciliação com uma renovada profundidade, para saborear a infinita misericórdia de Deus». E deste modo, estaremos todos juntos na Arca da Aliança.  P. José Baptista ***************************************************
EUCARISTIA COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES
***************************************************
A Eucaristia deste Domingo, dia 28, às 11h00, será transmitida especialmente dirigida para as crianças e adolescentes da nossa catequese. Não faltem! ******************************************************************
MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA A QUARESMA (Cont.)
******************************************************************
A samaritana, a quem Jesus pedira de beber junto do poço, não entende quando Ele lhe diz que poderia oferecer-lhe uma «água viva» (cf. Jo 4, 10-12); e, naturalmente, a primeira coisa que lhe vem ao pensamento é a água material, ao passo que Jesus pensava no Espírito Santo, que Ele dará em abundância no Mistério Pascal e que infunde em nós a esperança que não desilude. Já quando preanuncia a sua paixão e morte, Jesus abre à esperança dizendo que «ressuscitará ao terceiro dia» (Mt 20, 19). Jesus fala-nos do futuro aberto de par em par pela misericórdia do Pai. Esperar com Ele e graças a Ele significa acreditar que, a última palavra na história, não a têm os nossos erros, as nossas violências e injustiças, nem o pecado que crucifica o Amor; significa obter do seu Coração aberto o perdão do Pai.No contexto de preocupação em que vivemos atualmente onde tudo parece frágil e incerto, falar de esperança poderia parecer uma provocação. O tempo da Quaresma é feito para ter esperança, para voltar a dirigir o nosso olhar para a paciência de Deus, que continua a cuidar da sua Criação, não obstante nós a maltratarmos com frequência (cf. Enc. Laudato si’, 32-33.43-44). É ter esperança naquela reconciliação a que nos exorta apaixonadamente São Paulo: «Reconciliai-vos com Deus» (2 Cor 5, 20). Recebendo o perdão no Sacramento que está no centro do nosso processo de conversão, tornamo-nos, por nossa vez, propagadores do perdão: tendo-o recebido nós próprios, podemos oferecê-lo através da capacidade de viver um diálogo solícito e adotando um comportamento que conforta quem está ferido. O perdão de Deus, através também das nossas palavras e gestos, possibilita viver uma Páscoa de fraternidade.Na Quaresma, estejamos mais atentos a «dizer palavras de incentivo, que reconfortam, consolam, fortalecem, estimulam, em vez de palavras que humilham, angustiam, irritam, desprezam» (FT, 223). Às vezes, para dar esperança, basta ser «uma pessoa amável, que deixa de lado as suas preocupações e urgências para prestar atenção, oferecer um sorriso, dizer uma palavra de estímulo, possibilitar um espaço de escuta no meio de tanta indiferença» (FT, 224).No recolhimento e oração silenciosa, a esperança é-nos dada como inspiração e luz interior, que ilumina desafios e opções da nossa missão; por isso mesmo, é fundamental recolher-se para rezar (cf. Mt 6, 6) e encontrar, no segredo, o Pai da ternura.Viver uma Quaresma com esperança significa sentir que, em Jesus Cristo, somos testemunhas do tempo novo em que Deus renova todas as coisas (cf. Ap 21, 1-6), «sempre dispostos a dar a razão da [nossa] esperança a todo aquele que [no-la] peça» (1 Ped 3, 15): a razão é Cristo, que dá a sua vida na cruz e Deus ressuscita ao terceiro dia.  (Continua na próxima folha dominical.
A versão integral encontra-se no site da Paróquia.)
Folha Dominical 28 de Fevereiro de 2021https://www.paroquia-antas.pt/
Hoje Reflexão 2 | 26 de fevereiro 21h30
D. Pio Alves de Sousa, Bispo Auxiliar do Porto https://www.youtube....ch?v=4eb2G8ZojCs
Acompanhe a transmissão da Eucaristia de hoje através do Youtube.A Eucaristia inicia às 19h15. A transmissão será iniciada 5 minutos antes.Poderão aceder à transmissão através do link
https://youtu.be/KD1FV7_kdfo ou através da nossa página web
https://www.paroquia-antas.pt/
Paróquia Santo António das Antas
Acompanhe a transmissão da Eucaristia de hoje através do Youtube.
A Eucaristia inicia às 19h15. A transmissão será iniciada 5 minutos antes. Poderão aceder à transmissão através do link https://youtu.be/U1sN3mbkBPc ou através da nossa página web https://www.paroquia-antas.pt/
Paróquia Santo António das Antas
Conferência via zoom 5 de Março de 2021 - 21h30 Juventude(s)- Preparar o Futuro
Palestrante: Pe Mário Jorge  Jovem, Levanta-te! *************************************
Entrar na reunião Zoom
https://zoom.us/j/97202880647...
************************************* ID da reunião: 972 0288 0647
Senha de acesso: 971677 Neste encontro, onde não há limite de espaço nem de idades, o padre Mário Jorge desafia-nos a fazer uma viagem, acompanhando-nos e testemunhando o longo trilho da História que as Jornadas Mundiais da Juventude fizeram desde 1986.  "Precisamos de um abanão de Fé. Precisamos de seguir mais a Jesus"- declarava um jovem.  Assim, convidamo-vos a aderir a este "Encontro" e a interagir com a comunidade num tema que, certamente,irá aproximar-nos" Todos família, todos irmãos"!  Que Jesus nos ajude a estar "vivos e acordados" ! Contamos convosco!
https://www.facebook.../479822549854696
O organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de Lisboa 2023 apresentou dia 27 de janeiro de 2021, o hino oficial da edição internacional deste evento, promovido pela Igreja Católica. https://www.diocese-...mviHO-3H_Fk1B2nc Todos os dias 23 de cada mês, o Secretariado da Pastoral Juvenil da Diocese do Porto tem uma atividade que marca o caminho até à Jornada Mundial da Juventude #Lisboa2023.
https://agencia.eccl...zizz-biblico.../
Diocese do Porto | JMJ 2023: Lisboa apresenta hino oficial da edição portuguesa
segue abaixo o link para a transmissão online via youtube da Eucaristia Dominical.
A Eucaristia inicia às 11h00. https://youtu.be/E4VrkCF037E Pode também aceder à transmissão através da nossa página Web usando o botão "Transmissão Eucaristia". https://www.paroquia-antas.pt/
Eucaristia Dominical de 21-02-2021

Próximos Eventos

  • III Domingo da Quaresma

  • Leitores

  • IV Domingo da Quaresma

  • S. JOSÉ, ESPOSO DA VIRGEM SANTA MARIA

  • V Domingo da Quaresma

  • ANUNCIAÇÃO DO SENHOR

  • Dia Diocesano da Juventude

  • DOMINGO DE RAMOS NA PAIXÃO DO SENHOR

  • Dia Mundial da Juventude

  • MISSA VESPERTINA DA CEIA DO SENHOR 

Contactos

Igreja das Antas
Rua Santo António das Antas, 15
4200 - 483 PORTO
Telefone: 225021006
Fax: 225026179
Email: geral@paroquia-antas.pt