Próximas transmissões:
Eucaristia Data
DOMINGO IV DA PÁSCOA 2021-04-25 LINK
Bom dia,
segue abaixo o link para a transmissão online via youtube da Eucaristia Dominical. A Eucaristia inicia às 11h00. https://youtu.be/ky4YEEhpqN0 Pode também aceder à transmissão através da nossa página Web usando o botão "Transmissão Eucaristia". https://www.paroquia-antas.pt/
Paróquia Santo António das Antas
Folha Dominical 18 de Abril de 2021
https://www.paroquia-antas.pt/  «Assim está escrito que o Messias havia de sofrer
e de ressuscitar dos mortos ao terceiro dia»  Domingo III da Páscoa
EVANGELHO (Lc 24, 35-48) «Assim está escrito que o Messias havia de sofrere de ressuscitar dos mortos ao terceiro dia»
Domingo III da Páscoa EVANGELHO (Lc 24, 35-48) Naquele tempo, os discípulos de Emaús contaram o que tinha acontecido no caminho e como tinham reconhecido Jesus ao partir do pão. Enquanto diziam isto, Jesus apresentou-Se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco». Espantados e cheios de medo, julgavam ver um espírito. Disse-lhes Jesus: «Porque estais perturbados e porque se levantam esses pensamentos nos vossos corações? Vede as minhas mãos e os meus pés: sou Eu mesmo; tocai-Me e vede: um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que Eu tenho». Dito isto, mostrou-lhes as mãos e os pés. E como eles, na sua alegria e admiração, não queriam ainda acreditar, perguntou-lhes: «Tendes aí alguma coisa para comer?». Deram-Lhe uma posta de peixe assado, que Ele tomou e começou a comer diante deles. Depois disse-lhes: «Foram estas as palavras que vos dirigi, quando ainda estava convosco: ‘Tem de se cumprir tudo o que está escrito a meu respeito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos’». Abriu-lhes então o entendimento para compreenderem as Escrituras e disse-lhes: «Assim está escrito que o Messias havia de sofrer e de ressuscitar dos mortos ao terceiro dia, e que havia de ser pregado em seu nome o arrependimento e o perdão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. Vós sois as testemunhas de todas estas coisas».  TODOS JUNTOS NA ARCA DA ALIANÇA
Esta semana a Assembleia dos bispos Portugueses esteve reunida em Fátima. Abordaram vários temas sobre a Igreja em Portugal.
Retiro do Comunicado final, no nº 4, o seguinte: “A Assembleia refletiu sobre a pandemia, tendo em conta a situação epidemiológica atual, a situação de vulnerabilidade e de grave crise económica e a realidade concreta em cada diocese”.
E entre vários desafios pastorais, destacaram: “a importância da dinâmica comunitária e de fraternidade; a missão da família e dos leigos; a atenção particular aos jovens e aos idosos; a urgência da formação; o cuidado das novas linguagens. A Assembleia vê a saída desta pandemia como ocasião para a renovação da vida da Igreja e da sua missão no mundo”.
Também realçaram a “preocupação pela sustentabilidade das instituições de solidariedade social”. E acrescentam que estas devem contar com o apoio logístico e financeiro dos Ministérios da Saúde e Segurança Social.
E fazem a todos um convite “à esperança como justo caminho para enfrentar, como povo, as crises pandémica, social, económica e cultural em ordem ao restabelecimento da confiança na verdade e na justiça para salvaguardar o sentido do bem comum”.  P. Baptista ***************
Ajudar Timor
***************
Fundo Social Diocesano está ao dispor Devido às graves inundações que assolaram Timor-Leste no dia 4 de abril, D. Manuel Linda, bispo do Porto decidiu colocar o Fundo Social Diocesano ao dispor de donativos para ajudar os mais carenciados e as famílias que ficaram desalojadas nesta tragédia em Dili, capital do país.
O Fundo Social da diocese do Porto destina-se, precisamente, a socorrer situações de emergência em Portugal e no estrangeiro.
O donativo deverá ser feito por transferência bancária, de acordo com os seguintes dados: IBAN: PT50 0018 2194 0155 9041 02017
SWIFT: TOTAPTPL “Irmã, irmão, queres uma prova de que Deus tocou a tua vida? Verifica se te debruças sobre as chagas dos outros. Hoje é o dia de nos perguntarmos: «Eu, que tantas vezes recebi a paz de Deus, que tantas vezes recebi o seu perdão e a sua misericórdia, sou misericordioso com os outros? Eu, que tantas vezes me alimentei do Corpo de Jesus, faço alguma coisa para matar a fome a quem é pobre?» Não nos deixemos cair na indiferença. Não vivamos uma fé a meias, que recebe mas não dá, que acolhe o dom mas não se faz dom”.  Papa Francisco ********************
PAPA FRANCISCO
********************
“Tudo na Igreja nasce na oração, e tudo cresce graças à oração”. "A Igreja mestra de oração" foi o tema da catequese do Papa Francisco na Audiência Geral de14/04, realizada na Biblioteca do Palácio Apostólico: "A Igreja é uma grande escola de oração. Muitos de nós aprendemos a silabar as primeiras orações enquanto estávamos no colo dos pais ou dos avós. Talvez conservemos a memória da mãe e do pai que nos ensinavam a recitar as orações antes de dormir. Estes momentos de recolhimento são frequentemente aqueles em que os pais ouvem algumas confidências íntimas dos filhos e podem dar os seus conselhos inspirados pelo Evangelho", frisou o Papa.
A seguir, o Papa recordou que no caminho do crescimento, há outros encontros, com outras testemunhas e mestres de oração: “A vida de uma paróquia e de cada comunidade cristã é cadenciada pelos tempos da liturgia e da oração comunitária. Aquele dom, que na infância recebemos com simplicidade, compreendemos que é um património grande e muito rico, e que a experiência da oração merece ser aprofundada cada vez mais. O hábito da fé não é engomado; desenvolve-se connosco, até através dos momentos de crise e ressurreição. Aliás, não é possível crescer sem os momentos de crise. A crise faz crescer. Entrar em crise é uma maneira necessária para crescer.
E sublinhou ainda: "O sopro da fé é a oração: crescemos na fé tanto quanto aprendemos a rezar. Depois de certas passagens da vida, compreendemos que sem fé não poderíamos ter bom êxito e que a oração foi a nossa força. Não só a oração pessoal, mas também a dos irmãos e irmãs, e da comunidade que nos acompanhou e apoiou".
Tudo na Igreja nasce na oração
"Também por este motivo na Igreja florescem continuamente comunidades e grupos dedicados à oração. Alguns cristãos sentem até o chamado de fazer da oração a ação principal dos seus dias. Na Igreja existem mosteiros, conventos e eremitérios onde vivem pessoas consagradas a Deus e que muitas vezes se tornam centros de irradiação espiritual, comunidades de oração que irradiam espiritualidade. Pequenos oásis em que se partilha uma oração intensa e se constrói a comunhão fraterna dia após dia. Trata-se de células vitais, não apenas para o tecido da Igreja, mas para a própria sociedade. Tudo na Igreja nasce na oração, e tudo cresce graças à oração”.
E dá exemplos: “vemos isso em certos grupos que concordam em realizar reformas eclesiais, mudanças na vida da Igreja, organização, e os meios de comunicação que informam. Mas a oração não se vê, não se reza. Devemos mudar isso, temos que tomar decisões um pouco fortes. É interessante a proposta. É interessante! Somente com discussão, somente com a mídia. Mas onde está a oração? A oração abre a porta ao Espírito Santo que inspira a ir adiante. As mudanças na Igreja sem oração não são mudanças na Igreja. São mudanças de grupo. E quando o Inimigo - como eu disse - quer lutar contra a Igreja, o faz primeiro tentando secar suas fontes, impedindo-as de rezar e fazer outras propostas.
Fotos da publicação de Paróquia Santo António das Antas
Bom dia, segue abaixo o link para a transmissão online via youtube da Eucaristia Dominical.A Eucaristia inicia às 11h00. https://youtu.be/y1FB3uk5CzE Pode também aceder à transmissão através da nossa página Web usando o botão "Transmissão Eucaristia". https://www.paroquia-antas.pt/
Paróquia Santo António das Antas
Lausperene - Exposição do Santíssimo Sacramento
dia 13 de abril, às 17h45, na Igreja Paroquial.
Lausperene  -  Exposição do Santíssimo Sacramento dia 13 de abril,
JMJ Lisboa 2023: Terço da Jornada Mundial da Juventude
JMJ Lisboa 2023: Terço da Jornada Mundial da Juventude apresentado em três versões - Agência ECCLESIA
Link para a transmissão da Eucaristia de Domingo da Páscoa da Ressurreição do Senhor https://youtu.be/eMYh-dTCPac
Visita Pascal
Ressuscitou! Ressuscitou! Aleluia!! Aleluia!!
Fotos da publicação de Paróquia Santo António das Antas
Noite e Dia de Páscoa: O dia da Ressurreição A Páscoa, na manhã do primeiro dia da semana (o domingo), inaugura o tempo novo, o tempo e a Páscoa da nova Aliança. No contexto da pandemia, importa ainda mais valorizar o Dia do Senhor e o senhor dos dias, como um dia irrenunciável, porque é o dia da Ressurreição e do dom do Espírito Santo, o dia da nossa Páscoa semanal, o dia da Igreja reunida, que tem na assembleia eucarística a sua alma. É, pois, dia propício a descobrir as várias dimensões do Dia do Senhor, não só como dia da nova Criação, mas também como dia do Homem e da família, dia da alegria, dia do repouso e dia da solidariedade (cf. São João Paulo II, Dies Domini, 31.5.1998). Transmissão Vigília Pascal
Sábado 3 de abril 2021 21h30
https://www.youtube....feature=youtu.be -
#quaresma2021 #diocesedoporto
Noite e Dia de Páscoa: O dia da RessurreiçãoA Páscoa, na manhã

Próximos Eventos

  • Semana de Oração pelas Vocações

  •  Dia Mundial de Oração pelas Vocações. 

  • IV Domingo da Páscoa

  • Santa Catarina de Sena, Padroeira da Europa

  • V Domingo da Páscoa

  • S. Filipe e S. Tiago, Apóstolos

  • Adoração do Santíssimo Sacramento

    na Igreja

  • VI Domingo da Páscoa

  • Leitores

  • Nossa Senhora de Fátima

Contactos

Igreja das Antas
Rua Santo António das Antas, 15
4200 - 483 PORTO
Telefone: 225021006
Email: geral@paroquia-antas.pt